Você sabe como é a alocação de gastos do governo federal?

Me inspirei em um post do Revolution Analytics para fazer o infográfico abaixo. Não tem grandes revelações sobre a gestão do dinheiro público federal; porém, é uma maneira mais simples que as tabelas do orçamento de apresentar a divisão dos gastos.

Como descrito na legenda, utilizei os dados do Siga Brasil (Portal do Orçamento – Senado Federal) que disponibiliza os dados do orçamento de uma forma user friendly. Utilizei a própria divisão do orçamento por função que tem por objetivo retratar a distribuição setorial das despesas realizadas pelo governo (com a ressalva que esta divisão por vezes inclui gastos que não estão estritamente relacionados à área especificada). Também fiz uso do cálculo do Impostômetro sobre a quantidade de dias trabalhados para pagar os impostos. O infográfico foi feito no Inkscape.

Esse post foi publicado em Despesas Públicas, Governo, Impostos, Infográfico. Bookmark o link permanente.

9 respostas para Você sabe como é a alocação de gastos do governo federal?

  1. Fabiana disse:

    Adorei! PArabéns pelo trabalho!
    Abs Fabiana

  2. Olga disse:

    Muito bom! Parabéns!

  3. Tomas Rotta disse:

    Murilo,

    Legal o gráfico. Mas quando você calcula os dias trabalhados necessários para pagar os impostos, suponho que você está usando a receita bruta, sem descontar as transferências de volta aos trabalhadores. O importante não é carga tributária bruta, mas sim a carga tributária líquida que desconta o valor das transferências do governo. Qual dado você usou?

    abraços,
    Tomas

  4. Gustavo Parra disse:

    Muito informativo, Murilo!
    Sugestao 1: que tal fazer algo assim também para o lado da receita com impostos e contribuicoes? De repente até separado por esferas: federal, estadual e municipal…
    Sugestao 2: que tal mostrar a evolucao durante determinado período (ex: 1994-2012) dos gastos federais nas respectivas áreas…
    Abraco!

    • Valeu Parra.
      Recebi bastante sugestões, principalmente porque a divisão orçamentaria por função é pouco precisa (i.e., não capta os gastos na área de inovação e indústria via BNDES e agencias de fomento, não discrimina todas as transferências para Estados e municípios, etc). Enfim, o que quis foi criar uma visão mais acessível do orçamento para quem nunca viu esses dados.
      Mas tem várias sugestões pertinentes para aprofundar a análise.
      Abs

  5. Joao disse:

    muito bom…gostaria de tentar fazer o de 2014. perfeito seu info

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s